Domingos S.

Domingos S. 43 anos - Motorista há 14 anos numa empresa de transportes públicos de Lisboa. Nunca quis ser motorista, nunca, disse-me que trabalhar nesta profissão não lhe dá vontade de acordar de manhã! Queria ser artista. Adora pintar e desenhar e era esse o seu sonho mas nunca, infelizmente, conseguiu realizá-lo profissionalmente. Contou-me vários episódios que esta profissão tem de mau. Os perigos de trabalhar de noite como motorista de autocarros não é de todo fácil. Contou-me que a situação mais grave foi há cerca de 2 anos quando foi agredido por impedir um passageiro de entrar sem bilhete. Fazer cumprir as regras custou-lhe dois meses de baixa a recuperar de tudo. Desmaiou e os restantes passageiros assistiram a tudo!
Diz-se feliz mas não completamente: "não tenho muito tempo para pintar e a pior coisa do mundo é não termos tempo para os sonhos".

Lisboa, 14 de dezembro de 2015.
João Porfírio

Um Estranho por Dia

Retratos e histórias por Miguel A. Lopes / Rui Soares / Rui Miguel Pedrosa / João Porfírio .

Sem comentários:

Enviar um comentário