José de Castro

José de Castro - o dia foi de trabalho e eu não tive muito tempo para fotografar durante o dia um estranho. Mas ainda tinha umas horas e como quero mesmo conseguir fazer uma foto por dia fui a casa buscar os meus dois cães e fui dar uma volta ao quarteirão. Ao fim de uma hora a caminhar não tinha encontrado nenhum estranho para conversar e fotografar. Já estava a pensar que não faria nenhuma foto hoje mas como sou teimoso dei mais uma volta por outra zona e encontrei umas pessoas a conversar. Fui ter com elas e depois de conversar um bocado pedi a este senhor para o fotografar. Ele sorriu e disse para os outros amigos que ia fazer uma foto à George Clooney, encostou-se com o pé na parede deu uma passa no cigarro e olhou para os amigos. O José trabalha num bar perto da minha casa e de vez em quando faz uma pausa para fumar e mete-se à conversa com amigos, vizinhos todos eles mais novos e estudantes presumo. Mostrei-lhe a foto e ele disse "que grande pinta"! A conversa foi muito circunstancial mas um dia destes vou lá ao bar beber uma cerveja e conversar um bocado com ele. 

Lisboa, 1 de dezembro de 2015. 
Miguel A. Lopes

Um Estranho por Dia

Retratos e histórias por Miguel A. Lopes / Rui Soares / Rui Miguel Pedrosa / João Porfírio .

Sem comentários:

Enviar um comentário