Maria C.

Maria C. 47 anos. A Maria sentou-se na minha mesa enquanto eu estava a almoçar, ou seja, o meu estranho sentou-se literalmente à minha frente. Vive em Munique mas nasceu na cidade de Praia, em Cabo Verde. Mudou-se para Angola aos 4 anos e aos 8 foi viver para Lisboa, onde estudou Jornalismo; “fui colega da Fátima Lopes e do Ricardo Costa, já não os vejo há tanto tempo”, conta-me. Só depois mudou-se para Munique, onde trabalha em televisão. “Ainda fiz uns testes de imagem, mas eu não falava a língua por isso fiquei a trabalhar no 'backstage'”. Entretanto tirou um curso de aeróbica e yoga e vai para a India, a 31 deste mês, para aprofundar os seus conhecimentos em yoga. Conta-me que é a primeira vez que veio aos Açores e que tem uns amigos cá: “2 alemãs e um iraniano e logo até vamos fazer uma aula de kung-fu com eles". Fala-me um pouco da sua estadia pela ilha: "Andei a colectar pedras e madeiras que encontro nas praias para fazer um monumento das férias, adoro a textura da madeira depois de 'trabalhada' pelo mar”. Quer voltar a Cabo Verde com o actual namorado, o Marcel, tanto para que este conheça a sua terra, como para voltar um pouco às suas origens; não sabe quando, mas quer mesmo voltar. Espero que encontres Cabo Verde como o recordas e imaginas, Maria.

Ribeira Grande. 17 de Dezembro de 2015.
Rui Soares



Um Estranho por Dia

Retratos e histórias por Miguel A. Lopes / Rui Soares / Rui Miguel Pedrosa / João Porfírio .

Sem comentários:

Enviar um comentário