Paulo Filipe

Paulo Filipe, 45 anos - Paulo é taxista há meses, vivia em Florianópolis no Brasil onde abriu um restaurante, mas o seu pai ficou doente e ele voltou para ajudar os seus pais. Saiu de Portugal aos 42 anos à aventura após ter sido despedido da empresa onde estava. Disse-me que pertencia ao sindicato e que "incomodava" a empresa. Ainda hoje corre um processo em tribunal. Hoje trabalha 12 horas por dia mas não está triste nem arrependido só quer que o pai melhore e se puder vai levá-lo juntamente com a sua mãe para o Brasil e reabrir o seu restaurante e dar-lhes uma velhice calma e digna. 

Lisboa, 4 de dezembro de 2015 
Miguel A. Lopes

Um Estranho por Dia

Retratos e histórias por Miguel A. Lopes / Rui Soares / Rui Miguel Pedrosa / João Porfírio .

Sem comentários:

Enviar um comentário