Telma C.

Telma C. 25 anos - encontrei a Telma e o namorado na baixa de Lisboa. Estavam a pedir dinheiro mostrando às pessoas que sabiam fazer malabarismo usando fogo. Este casal vive há um ano junto. Na rua. Diz que não gosta de trabalhar pelo simples facto de ficar presa a ordens de terceiros, como os patrões. Diz que gosta de pensar por si e que se está a borrifar para o que pensam ou não dela. "Mandam-me ir trabalhar, dizem que cheiro mal, chamam-me puta, mas eu não quero saber".
Mas... Há uma coisa (das poucas) que me deixa triste "a minha família rejeita-me. Há dois anos que não falo nem sei nada da minha família e eles estão já ali, em Paço de Arcos".
Quando perguntei onde é que dormem, o que é que comem, etc, responde-me que sempre se safaram, que conseguem na rua arrecadar cerca de 100€ por dia.
Hoje dormiram dentro do presépio de natal na Rua Garret, no Chiado.

Lisboa, 9 de dezembro de 2015.
João Porfírio

Um Estranho por Dia

Retratos e histórias por Miguel A. Lopes / Rui Soares / Rui Miguel Pedrosa / João Porfírio .

Sem comentários:

Enviar um comentário