Toni C.


Toni C. 48 anos. Começo por explicar que não o encontrei, fui encontrado quando ele meteu conversa comigo a perguntar se andava a fotografar a zona e se era local ou apenas mais um turista de camera em punho. Mais conhecido por “galera” na zona aonde vive, o Toni é, filho, pai, tio, avô e segundo ele já foi a pessoa com mais piercings dos Açores (eu vi os furos todos para ter a certeza). Não teve vergonha nenhuma de me dizer que é alcoólico. Deixou de trabalhar há muito tempo porque teve um acidente de trabalho (“tenho ferros nas pernas”) e hoje vai fazendo uns biscates, “ter o suficiente para comprar tabaco e ajudar em casa”. Disse-me que está a fazer por tudo para deixar o álcool devido ao neto de um ano e meio (“nunca o meu neto me irá ver bêbado”) e que o pior para ele é a tentação. Por isso é que o local aonde fizemos o retrato é a maior tentação dele, a loja (termo antigo açoreano para café/tasca) onde vai beber o seu copo. 

São Roque, 1 de Dezembro de 2015.
Rui Soares

 

 

Um Estranho por Dia

Retratos e histórias por Miguel A. Lopes / Rui Soares / Rui Miguel Pedrosa / João Porfírio .

Sem comentários:

Enviar um comentário