Alfredo Lima, 63 anos

Alfredo Lima, 63 anos – Chamou-me à atenção a camisa do Sr. Alfredo. Iniciei a conversa a dizer-lhe que ele tinha uma bela camisa, ao que respondeu: “O amigo conhece estas camisas? São as camisas Vicri, as mais conhecidas e melhores de Portugal. Quem é louco por estas camisas é o Goucha!” A maneira como falou das camisas mostrava muito orgulho nas mesmas “Trabalhei lá alguns anos na loja, vendíamos para Itália, Japão, até o Rei de Espanha era nosso cliente! As camisas são tão boas que é o equivalente a nós irmos vender gelo ao Polo Norte!” Perguntei-lhe o que tinha feito antes de trabalhar na loja das camisas e disse-me “Sabe, eu nunca fui criança, o meu pai era Salazarista, muito rígido comigo e comecei a trabalhar com 12 anos como torneiro de peito. Trabalhava num torno a fazer todo o tipo de peças em metal, nem sei como não acabei sem um braço. Hoje acho que também é demais, não há respeito, as crianças não têm respeito e são os pais que não incutem isso nos miúdos. Mas mesmo assim prefiro isso do que as crianças não terem infância” Quando lhe pedi para fazer a foto ele disse-me a sorrir “veja lá se me esconde a barriga que isto a idade não perdoa”.

Porto, 19 de janeiro de 2016
Miguel A. Lopes


Miguel A. Lopes

Retratos e histórias por Miguel A. Lopes / Rui Soares / Rui Miguel Pedrosa / João Porfírio .

Sem comentários:

Enviar um comentário