Ana Pacheco, 22 anos.

Ana Pacheco, 22 anos. Açoriana, vive em Londres, onde é assistente de bordo de uma companhia de aviação “low cost”. Conheci-a no seu último dia de férias nos Açores.
Sobre a sua opção disse-me: “Queria ser veterinária quando estava a crescer, mas a matemática intrometeu-se entre mim e a Veterinária. No 9º ano, decidi seguir outra via e hoje em dia adoro ser assistente de bordo, todos os dias temos um dia diferente e convives com vários tipos de pessoas diferentes, tens todo o tipo de experiências e mais alguma, desde as pessoas mais rudes como as mais simpáticas, que até te fazem elogios.”
Quando lhe perguntei o porquê da sua opção ela respondeu-me que: “as coisas cá estavam mal, tinha acabado o meu curso em Turismo, estava já a trabalhar como recepcionista, vi um anúncio no Facebook e tentei a minha sorte. Entrei, fui para o Porto, onde estive mês e meio a tirar o curso e depois fiquei colocada em Londres. Agora estou lá, à 6 meses. Hoje em dia, voo para quase toda a Europa e até Marrocos, no máximo de 4 voos diários. Maioritariamente, vou para Itália, Espanha, Polónia, França, Suécia, Marrocos mas, infelizmente, venho pouco a Portugal.” Sobre Londres diz que: ”Adoro viver em Londres, quando não trabalho, tenho sempre muita coisa diferente para fazer, e nos dias off vou viajar ou então vou explorar a Inglaterra. Há sempre mais qualquer a descobrir, existem lá todas as culturas e mais alguma.”
Tem saudades dos Açores e de casa, mas o mar é o que falta mais: “;Lá, fico muito tempo sem ver o mar, sem sentir o cheiro do mar e isso faz-me falta. Gosto muito de ir tomar café à praia, e sempre que estou cá aproveito. Quando estava nos Açores, ia todos dias ao pé do mar e lá não consigo. Infelizmente, não me vejo a voltar aos Açores. Gostava de subir na carreira e ir para uma companhia como a Etihad Airways nos Emirados Unidos, ou para outra base, mas não para cá porque a base de cá faz poucos voos e eu não gosto muito de monotonia. Sei que ir para o Dubai vai ser complicado e tenho de ter muitas precauções mas acho que é um desafio que quero enfrentar e tem bastantes regalias, mas neste momento estou bastante realizada e sou muito feliz. Não tenho tudo o que quero, mas tenho tudo o que posso e sou feliz com aquilo que tenho.” Felizes voos Ana e que consigas tudo o que queres.

Ribeira Grande. 30 de Janeiro de 2016
Rui Soares


rui soares

Retratos e histórias por Miguel A. Lopes / Rui Soares / Rui Miguel Pedrosa / João Porfírio .

Sem comentários:

Enviar um comentário