Isac C. 14 anos

Isac C. 14 anos. Encontrei o Isac enquanto este estava a ouvir o relato do Nacional - Benfica com outros três amigos. Benfiquista de gema, era o mais novo dos quatro, por isso, depois de aceitar participar no projecto, perguntei-lhe se não deveria estar na escola: ”Eh senhor, eu não gosto nada daquilo, eu fui expulso e tudo da escola! Dei uma 'punhada' num rapaz... ele disse-me umas coisas que não gostei nada e levou, mas foram só três dias. Eu já vou voltar para a escola, mas eu não gosto nada, não quero estudar, eu quero sair dali, a minha vida é outra coisa, quero ser jogador da bola!” disse-me ele. Com fama de avançado e extremo esquerdo virtuoso para a sua idade, diz que o seu ídolo é o Neymar: ”aquelas fintas, aquilo tem qualidade, ele passa pela equipa toda, meu deus, foge de vez!, ainda tem o Cristiano e o Messi, mas o Neymar é melhor que eles todos. Tem estilo, é o melhor, 'rebenta de vez'!”. No entanto, já foi pensando nalgumas alternativas se a vida não seguir esse rumo: ”Se a bola não der certo, vou ser pedreiro ou para as vacas do meu padrinho. Vou fazer qualquer coisa para amanhar a vida, mas eu estou sempre porreiro!”, diz ele. “Rebenta de vez” na bola, Isac!

Ribeira Grande, 11 de Janeiro de 2016
Rui Soares


rui soares

Retratos e histórias por Miguel A. Lopes / Rui Soares / Rui Miguel Pedrosa / João Porfírio .

Sem comentários:

Enviar um comentário