Joanas F. 22 anos

Jonas F., 22 anos. Encontrei o Jonas a desfrutar do sol e do calor em Ponta Delgada. Vindo da Alemanha, conta-me que é aluno num programa de intercâmbio; está de passagem por S. Miguel por apenas um dia e já amanhã volta para a Alemanha. "Estudei Jornalismo Desportivo em Ontário, na 'Western University'. Estive lá seis meses no Canadá, foi tão fixe." Contou-me que desde que se lembra, sempre se interessou por desporto e "sempre quis fazer algo de mais criativo nessa área, acho que foi por isso que optei por Jornalismo. Mas eu interesso-me por tanta coisa; história, ciência, viagens... depois de acabar o meu curso, vou fazer parte de um projecto jornalístico de um amigos meus, relacionado com cinema. Vou estar no departamento de Comunicação, o que é um pouco diferente de Jornalismo Desportivo, mas acho que devemos sempre aproveitar as experiências e oportunidades diferentes", conta-me ele com um ar de quem não se preocupa demasiado com o futuro. Inevitavelmente, falamos sobre os tempos de hoje, com a crise na Europa. Sendo a Alemanha um dos países motores da Europa, ele diz-me: "Acho que não somos tão imperialistas como os EUA. Somos um país forte e com uma economia sólida e eu não acho que isso seja uma coisa má, até é bom. Sinceramente, eu acho que estamos a ajudar o resto da União Europeia, contribuindo e ajudando os países que mais precisam. Temos uma História triste, mas não deixa de ser uma grande História, e a Alemanha soube 'voltar aos eixos' e reerguer-se. Tenho orgulho em ser alemão, mas não sou assim tão patriota que ache que somos a melhor nação do mundo." Falámos um pouco sobre a história da Alemanha, sobre Hitler e a re-edição do 'Mein Kampf', ao que me responde que, tendo perdido duas guerras mundiais, os alemães ainda estão a aprender a lidar com a responsabilidade por tudo o que aconteceu, e aprecia bastante o facto de haver uma nova edição do livro, nos dias de hoje. No entanto, diz-me que “há tantos bons poetas na Alemanha, não percebo o porquê das pessoas se focarem tanto em algo que o Hitler escreveu". Antes de nos despedirmos, dei-lhe umas dicas sobre alguns sítios em Ponta Delgada e contei-lhe que nos Açores por vezes temos as 4 estações num só dia; "Bem me pareceu”, respondeu-me, "estive a ver as previsões e dizia que ia chover torrencialmente, e cá estamos nós a aproveitar o sol quente numa cidade tão bonita". Que aproveites bem o resto das horas que te restam em Ponta Delgada, Jonas! 

16 de Janeiro de 2016
Rui Soares


rui soares

Retratos e histórias por Miguel A. Lopes / Rui Soares / Rui Miguel Pedrosa / João Porfírio .

Sem comentários:

Enviar um comentário