Pedro Bojinov 26 anos

É moldavo e trabalha na Moldávia como apicultor. Começando a conversa em inglês rapidamente ele me diz que podemos falar em português porque ele fala e percebe a língua portuguesa quase na perfeição. Perguntei-lhe como é que aprendeu a falar tão bem português e diz-me que trabalha 6 meses no seu país de origem e outros 6 meses cá em Portugal e com isso perguntei-lhe de férias, coisa que disse não saber desde que começou a trabalhar, com 20 anos.
Contudo, não é só o trabalho semestral que o liga a Portugal. No Algarve tem a sua namorada e uma das coisas que mais lhe custa é o fim dos seis meses passados cá em Portugal mas que está a trabalhar para tentar estabilizar a sua vida cá, para cumprir um dos seus desejos, constituir família e diz que Portugal é um país perfeito para isso.
Conseguiu vir passar o natal e a passagem de ano a Portugal, com a namorada e a família da mesma, e no final de janeiro volta para a Moldávia acabando assim os 6 meses de trabalho cá.
Encontrei-o enquanto passeava num dos meus locais favoritos e por coincidência diz também se identificar bastante com este local e que adora o pôr do sol que daqui se consegue contemplar. 
Portimão, 4 de janeiro de 2015.
João Porfírio


Um Estranho por Dia

Retratos e histórias por Miguel A. Lopes / Rui Soares / Rui Miguel Pedrosa / João Porfírio .

Sem comentários:

Enviar um comentário