Gilberto Pacheco, 60 anos

Gilberto Pacheco, 60 anos. Quando estava a passar pelo Gilberto, este estava a cantarolar uma das minhas canções preferidas, o que me chamou logo a atenção. Depois de lhe explicar o projecto, aceitou participar mas avisou-me: “rapaz, tenho uma história complicada, muito complicada”. Começou por me que dizer que tem 60 anos "mas este aspecto de 19!, Nasci cá e embarquei muito novo para a América, fiquei lá toda a minha vida e voltei há 10 anos. Sabes... sou um criminoso, e isto já é uma longa história, demasiada. Eu tinha uma vida boa, trabalhava, estava onde queria na vida, mas o que me trouxe para cá foram problemas domésticos. Com o meu passado de crimes quando era novo, sabes 20 anos e tal, a fazer coisas estúpidas, lixei-me". Embora já tivesse vindo de férias à sua terra natal, não foi mesmo uma escolha sua voltar de vez: "agora, olha... cá estamos, cá podia ser pior, muito pior, agora tenho de aguentar. O problema é porque como sou um deportado, nunca consigo arranjar trabalho, e na America isso não me faltava." Com um ar que mostrava arrependimento, diz-me: "Mas sabes, mudei a minha atitude há muito tempo, parei com as merdas dos crimes que cometia”. Conta como é difícil viver na ilha na condição de deportado: “É como se estivesse a pagar duas vezes pelo mesmo crime, paguei lá e agora pago aqui estando fechado na 'rock' - obrigado George Bush! Mas podia ser muito pior, nunca dormi na rua, tenho um cadastro limpo aqui, até parece que posso ter um novo começo na minha vida”, disse a sorrir. Perguntei sobre a esperança para o futuro, e respondeu-me entre gargalhadas: “eu apenas vejo filmes americanos!”
Começou a cantar de novo a música que me chamou até ele: “What we've got here is failure to communicate. Some men you just can't reach… So, you get what we had here last week, which is the way he wants it! Well, he gets it! And I don't like it any more than you men.” ('Civil War' - Guns n' Roses) 
Acabamos a descobrir que ambos éramos muito fãs da banda. “Oh the music”, diz ele por fim. Obrigado pelo teu tempo Gilberto, tudo de bom para ti.

Ponta Delgada. 5 de Fevereiro de 2016
Rui Soares


rui soares

Retratos e histórias por Miguel A. Lopes / Rui Soares / Rui Miguel Pedrosa / João Porfírio .

Sem comentários:

Enviar um comentário