Joana Tekas, 50 anos

Joana Tekas, 50 anos - Encontrei a Sra. Joana no metro. Estava sentada a rebentar as bolinhas de ar naqueles plásticos que normalmente servem para embrulhar e proteger coisas. Quando olhei para ela sorriu e disse-me "Quer?" Sorri de volta, disse-lhe que não e sentei-me ao seu lado e acrescentou "o meu trabalho é muito stressante. Isto ajuda! Trabalho em limpezas e são muitas mulheres juntas, há sempre tricas, até com as minhas unhas implicam". Falei do nosso projecto e pedi-lhe se a podia fotografar, ai voltou a sorrir e disse-me "ah é do estranho? Eu conheço o projecto! Vi-os na televisão já por duas vezes, na Cristina e na Fátima!" Tirei a foto e continuámos a conversar "Vim de Angola há 16 anos, trouxe o meu filho que tinha 9 anos na altura e a minha menina na barriga. Quando cheguei a Portugal consegui um trabalho a cuidar de um cão de uma madame. Era um bom emprego só cuidava do cão e ganhava 100 contos! Ainda estive uns 5 anos nesse trabalho mas depois a senhora arranjou um namorado que achou que era muito dinheiro para cuidar do cão e acabei por ir embora. Depois precisava de trabalho para ter papeis e comecei nas limpezas e nunca mais fiz outra coisa". Questionei-a porque tinha vindo para Portugal "Aqui encontrei paz de espírito! Sempre fui independente aqui, nunca precisei da ajuda de ninguém e sempre consegui criar os meus filhos. Sou mãe galinha, posso não gostar muito deste trabalho de limpezas mas tenho tempo para estar com eles e graças a Deus tenho uns filhos maravilhosos!".

Lisboa, 5 de Fevereiro de 2016
Miguel A. Lopes


Um Estranho por Dia

Retratos e histórias por Miguel A. Lopes / Rui Soares / Rui Miguel Pedrosa / João Porfírio .

Sem comentários:

Enviar um comentário