Maria Madalena, 19 anos

Maria Madalena, 19 anos - Quando abordei a Maria ela sorriu logo para mim "Ah eu conheço-te! Tu és daquele projecto dos estranhos! Já fotografaram o meu irmão! Ele é aquele que faz de Fernando Pessoa!" Ai quem sorriu fui eu e disse-lhe que era uma grande coincidência e perguntei-lhe se ela também aceitava participar "Claro que sim! Mas quando te vi a parar a carrinha ali atrás, pareceu que já te conhecia mas ao mesmo tempo pensei que podia ser alguém para me levar e fazer mal, sei lá". A Maria está a estudar "Estou no curso profissional de Turismo e se tudo correr bem acabo este ano e fico com o equivalente ao 12º ano. Não é isto que quero seguir. Espero depois com os exames entrar no curso de Podologia, adoro pés e poder tratar deles é o meu sonho, não a nível estético mas sim a nível da saúde dos pés" Quando falamos do facto de ser anã disse-me " eu tenho só um metro e vinte e muitas vezes sinto-me indirectamente discriminada. Por exemplo eu fumo e é impossível chegar às máquinas do tabaco, nos cafés também não consigo tirar senhas e passam-me muitas vezes à frente. Eu quero ajudar a minha avó com o multibanco e é quase impossível eu chegar às caixas, a não ser aquelas em que têm um degrauzinho. Infelizmente a sociedade não pensa em pessoas pequenas." Depois perguntei-lhe se já tinha sido discriminada directamente "Já, mas eu sou muito calma e sou superior a isso tudo mas por vezes revolta-me. E os que me revoltam são os adultos, porque das crianças e dos mais novos nem ligo. Um dia uma senhora toda bem posta nos seus quarenta e tal anos passou por mim e disse "ai um anão, que nojo que isto me mete". Eu ia com uma amiga e ela queria ir lá bater na mulher eu é que não deixei." Perguntei-lhe se ela tinha namorado e se um dia gostava de ter filhos "já tive namorado mas agora não tenho. Quanto a filhos espero um dia ter mas não sei se posso. Um dia mandei uma queda e tive um acidente medular e deixei de andar. Estive dois meses em Alcoitão em reabilitação e felizmente fiquei boa, mas não sei se quando ficar grávida a barriga não afectará a minha medula e o meu andar".

Parede, 11 de Fevereiro de 2016
Miguel A. Lopes


Um Estranho por Dia

Retratos e histórias por Miguel A. Lopes / Rui Soares / Rui Miguel Pedrosa / João Porfírio .

Sem comentários:

Enviar um comentário