Romeu Santos, 37 anos

Romeu Santos, 37 anos – Gosto muito da Gulbenkian, e há uma escadaria dentro do edifício da qual gosto particularmente, pois tem umas linhas no teto que dão o cenário perfeito para uma foto. Dito isto estava a ver se passava alguém, distrai-me um minuto e quando olhei vi já no cimo da escadaria e em passo apressado o Romeu com seu enorme contrabaixo dentro de uma capa. Corri escada acima e já apanhei o Romeu dentro do elevador com as portas a fechar. Não deixei que as portas ...fechassem e perguntei, mesmo aparentando pressa, se tinha dois minutos para mim e pedi para ser o meu estranho. “Realmente estou com pressa, mas tenho dois minutos para si.” E a sorrir disse “eu vou ser o seu estranho de hoje?” O Romeu é contrabaixista há 20 anos. “Pertenço à Orquestra da Gulbenkian e também dou aulas. Sou professor na Escola Metropolitana e no Conservatório Nacional de Música.” Perguntei-lhe se tinha alguma história engraçada “No meu primeiro ano na orquestra, estava a ensaiar de pé e uma das folhas da pauta voou da estante, eu com a pressa de a agarrar, nem pensei e larguei o contrabaixo para a agarrar. O contrabaixo caiu, fez um enorme estrondo e partiu-se o braço, enfim um estrago enorme. É um instrumento caro, podem ir dos 5 mil euros aos 150 mil euros”. Mesmo com pressa ainda consegui convencer o Romeu a ir comigo ao cimo da escadaria e retirar da capa de transporte o seu contrabaixo e fazer a foto. 

Lisboa, 23 de fevereiro de 2016
Miguel A. Lopes





Miguel A. Lopes

Retratos e histórias por Miguel A. Lopes / Rui Soares / Rui Miguel Pedrosa / João Porfírio .

Sem comentários:

Enviar um comentário