Rui Fernandes, 80 anos

Rui Fernandes, 80 anos - “Sou alfacinha e comecei a trabalhar com 14 anos, que idade tem o menino?!” Iniciámos assim a nossa conversa. Começou a trabalhar muito novo na loja dos pais, em Lisboa. Aos 20 anos foi viver e estudar para o Porto, onde ganhou o gosto pela economia. Seis anos mais tarde mudou-se para o Brasil, nomeadamente para São Paulo, onde estudou e trabalhou na área da economia. Lá permaneceu por 10 anos. Ao regressar a Portugal foi assistente no gabinete de Marcelo Caetano e, mais tarde, esteve 36 anos a desempenhar cargos no Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão. Simultaneamente, exercia funções como conselheiro do Fundo Monetário Internacional, que conhecemos por FMI. “Viajei muito em trabalho mas também me diverti muito, fui a oitenta e muitos países”, disse-me o Sr. Rui a sorrir. Perguntei-lhe o porquê de estar em Portimão, e respondeu-me: “Vim viver para a Praia da Rocha com a minha mulher porque estávamos fartos de Lisboa e precisávamos de descanso e calma. Achamos que Portimão era perfeito para isso, já somos velhos, temos de aproveitar os últimos anos de vida”.

Portimão, 3 de fevereiro de 2016.
João Porfírio


Um Estranho por Dia

Retratos e histórias por Miguel A. Lopes / Rui Soares / Rui Miguel Pedrosa / João Porfírio .

Sem comentários:

Enviar um comentário