Daniela Sousa, 28 anos

Daniela Sousa, 28 anos. Daniela tem uma daquelas histórias que todos imaginamos ter, mas que achamos que só alguns conseguem ter. Há 4 meses que regressou a Portugal, depois de ter estado emigrada com o namorado. “Regressámos porque não estava a ser fácil gerir as saudades da família. Felizmente não foi por falta de trabalho. Apenas estava a ser difícil ficar longe da família. Algo que só quem está emigrado é que entende”. E também, porque o pai do namorado estava a precisar de alguma ajuda extra para trabalhar no café, onde também trabalha a sua melhor amiga e prima. E é aqui que a história da Daniela começa. “Estava a espera que ela saísse do turno e dissemos que hoje iríamos perder a cabeça e jogar uma raspadinha. Primeiro jogamos uma de 2 euros e tivemos prémio. Voltamos a apostar e saiu novamente prémio. Sempre com valores baixos. Até que na 4ª vez que jogamos... saíram-nos 100 mil euros”. 
Pedi para me contar como tinha sido a reacção. “Bem, a minha prima ficou pálida. Não queríamos acreditar. Imediatamente começaram a pensar onde iriam guardar a raspadinha. E como iriam fazer para receber o prémio. E depois de o recebermos pagámos um belíssimo almoço aos amigos e familiares mais próximos”. Mas apesar desta 'extravagância', ambas mantiveram os pés na terra. “É uma ajuda enorme para cada uma de nós fazer o seu pé-de-meia. Óbvio que o dinheiro é uma lufada de ar fresco mas não deixamos de nos preocupar com os valores que gastamos diariamente. Gostamos de ver ali aqueles números na nossa conta, mas também não ficamos forretas. Temos a perfeita noção que ele se gasta num instante. É bastante fácil cair no erro de achar que estamos bem”.

Abrantes, 4 Março 2016
Rui Miguel Pedrosa
  

rui soares

Retratos e histórias por Miguel A. Lopes / Rui Soares / Rui Miguel Pedrosa / João Porfírio .

Sem comentários:

Enviar um comentário