Llona Ganzenko, 26 anos

Llona Ganzenko, 26 anos. A Llona estava a andar de skate quando a encontrei. Quando me apresentei a mim e ao projecto, aceitou logo participar, mas a comunicação foi um grande desafio, porque ela falava muito pouco inglês e o meu russo é "zero".
Começou por me dizer que é natural de São Petersburgo, mas vive de momento em Moscovo, e descobriu as nossas ilhas por acaso: “decidi ver na internet o que eram os Açores, e quando vi as imagens, decidi logo que tinha de cá vir. Vim para cá para aprender a surfar, que é basicamente o que estou a fazer, surf e passear. Vocês têm uma sorte em viver aqui, isto é muito, muito bonito mesmo, para mim isto é um outro mundo. Moscovo é uma cidade com milhões de habitantes, é fria, e aqui… aqui estou mesmo bem”, disse-me satisfeita.
Contou-me que é manager num restaurante, e por agora está bem, mas está seriamente a pensar em mudar-se para o Vietname, porque para além de skate e do surf, também pratica kitesurf, e as condições lá são melhores. Além do mais, anda a “tentar fugir ao frio da Rússia”.
A Llona ainda não sabe bem como vai ser o seu futuro, por isso está só a “deixar a flow seguir” sem fazer muitos planos. Termina dizendo: “acho que sou bastante feliz, gosto muito dos meus amigos, gosto da vida que tenho. Só preciso é de estar perto do oceano! O mar é das melhores coisas que temos, e a minha felicidade advém de poder ter e fazer aquilo que mais gosto estando ao pé do oceano”. Obrigado pelo teu tempo.

Ponta Delgada. 3 de Abril de 2016
Rui Soares


rui soares

Retratos e histórias por Miguel A. Lopes / Rui Soares / Rui Miguel Pedrosa / João Porfírio .

Sem comentários:

Enviar um comentário