Soraia Lobo, 25 anos

Soraia Lobo, 25 anos. Conheci a Soraia no seu intervalo para almoço, e aceitou prontamente participar no projecto, até porque já o conhecia. Como o seu sotaque era claramente continental, a conversa começou por aí. Disse-me, então, que era natural do Porto e que estava nos Açores a estagiar numa seguradora, porque não conseguiu encontrar trabalho na sua área na sua terra natal; "Como tenho os meus pais cá - porque o meu pai é militar e vive cá já há uns anos - então achei por bem voltar a casa dos meus pais, aqui nos Açores. Estudei Criminologia, o que é uma área recente... ainda não há muito abertura por parte das instituições para empregar criminólogo,s e então não tem sido nada fácil". 
Embora tenha nascido no Porto, viveu cá nos Açores muitos anos, por isso o regresso às ilhas não foi propriamente um rumo ao desconhecido: "custou-me um pouco volta, porque sinto muitas saudades do Porto, mas teve que ser. Apenas custa-me não ter os meus amigos. No Porto sinto-me em casa... cá sinto-me bem, mas não é a mesma coisa, faltam-me as minhas coisas, que são pequenas grandes coisas, mas que fazem a diferença”, diz-me meio nostálgica. 
Assim, tem planos de regressar ao seu Porto, porque, embora isso de planificar as coisas nem sempre corra bem, pensa todos os dias naquilo que quer realmente fazer. “ E vou tentando ser feliz, eu preciso de pouco. Preciso de me sentir em casa e este aspecto falta-me para ser totalmente feliz. Mas ter as pessoas de quem gostamos por perto é o suficiente para mim”, diz ela antes de ir trabalhar, já uns minutos atrasada devido à nossa conversa. Espero que consigas tudo o que desejas Soraia, e que, entretanto, aproveites o teu tempo aqui nos Açores.

Ponta Delgada. 12 de Abril de 2016
Rui Soares


rui soares

Retratos e histórias por Miguel A. Lopes / Rui Soares / Rui Miguel Pedrosa / João Porfírio .

Sem comentários:

Enviar um comentário