Luís Vieira, 17 anos

Luís Vieira, 17 anos. Quando abordei o Luís e lhe falei do projecto, este aceitou logo participar até porque já o conhecia. Começou por me dizer que é natural da ilha Graciosa, e comentámos por momento a beleza natural da ilha. Depois conta-me que veio para S. Miguel para estudar assim que terminou o 9.º anos, na Escola de Novas Tecnologias – INOVA: “Não havia curso de informática lá, e como já tinha o meu irmão aqui, aproveitei e vim também. No início foi um pouco diferente e estranho, mas depois uma pessoa habitua-se e isto entranha-se!”. Com um tom de voz um pouco triste, diz-me que provavelmente não irá regressar à sua ilha: “acho que não quero voltar a viver lá. Quero ir sempre de férias, porque é a minha terra, mas… não passa um pouco daquilo. A ilha é linda mas precisa de mais evolução, tem pouca gente… Mas com o tempo as coisas vão melhorar por lá”, diz ele optimista. Conta que não sabe se quer ir já para a Universidade, preferindo talvez ficar a fazer o nível V na escola profissional. Espera conseguir ser engenheiro informático e vai sempre planeando as coisas, embora reconheça que isso às vezes não é muito bom: “acho às vezes que penso em demasia no futuro… o que não quer dizer que todos os meus planos aconteçam, até porque as vezes sou um pouco preguiçoso”, confessa ele. Embora me diga que o seu verdadeiro projecto de vida quando era miúdo era "ser um Cristiano Ronaldo”, sente que está num bom caminho: “acho que para já a minha vida está boa, está tranquila… acho que para melhorar era só arranjar uma namorada,” diz ele às gargalhadas. Trata de arranjar essa rapariga, Luís! Boa sorte.

Ponta Delgada. 15 de Maio de 2016
Rui Soares


rui soares

Retratos e histórias por Miguel A. Lopes / Rui Soares / Rui Miguel Pedrosa / João Porfírio .

Sem comentários:

Enviar um comentário