Raul Pedrosa, 33 anos

Raul Pedrosa, 33 anos. Nos dias que correm, a grande maioria das pessoas desculpa-se com o stress do dia-a-dia, ou a pressa, para não perder tempo com um simples bom dia ou boa noite. Mas hoje aconteceu-me algo invulgar. Estava num passeio à procura de alguém para fotografar e eis que passa uma pessoa e me diz efusivamente um 'bom dia'. Ainda olhei para o lado, meio baralhado, até que percebi que era mesmo para mim. Percebi rapidamente quem iria ser o meu 'estranho' do dia e o desafio foi aceite prontamente, desde que fosse rápido. Depois de me contar de onde era natural e falar sobre a sua profissão, a conversa encaminhou-se para o hemagioma que tem na face. Disse-me que foi provocado por uma queda da sua mãe, quando estava grávida de 7 meses. “Já foi maior. Mas já fiz 7 operações para retirar osso e as fibras criadas. E sempre tive uma vida normal e sem dores, o que era o mais importante para mim. Reconheço que na infância tive imensos complexos, mas apesar de tudo sempre tive imensa vontade de viver e foi por isso que sempre lutei”, desabafou Raul. Essa garra levou-o a concluir o 9º ano e ir trabalhar. “Se houve coisa que nunca quis foi viver de subsídios. Sempre quis ter a minha autonomia. Poder trabalhar para mim para poder viver”. O esforço foi recompensado, ao conseguir realizar o seu maior sonho, que era ter uma família. “Sabe, era mesmo muito importante para mim poder ter uma família. Era o meu sonho. Sempre achei que seria impossível de realizar devido à minha situação. Finalmente consegui realizar esse sonho e até já tenho uma bebé com 14 meses”, sorriu orgulhoso. Para os que estão a ler, acreditem, não consigo arranjar palavras para descrever a alegria que o Raul transparecia quando me disse isto. Fiquei sem palavras. Fazendo referência ao que passou e como aprendeu a viver com o hemagioma, afirmou ter aprendido a pensar de uma forma diferente. “Eu não sou deficiente, eu sou diferente. Quem quiser gostar de mim gosta como eu sou”, assegura Raul.

Leiria, 31 Maio 2016
Rui Miguel Pedrosa


Rui Miguel Pedrosa

Retratos e histórias por Miguel A. Lopes / Rui Soares / Rui Miguel Pedrosa / João Porfírio .

1 comentário:

  1. Meu caro amigo, os meus parabéns pelo teu testemunho que nos faz muito bem. Se podemos fazê-lo, por não?...

    ResponderEliminar