Bruno Ferreira, 42 anos


Bruno Ferreira, 42 anos - conheci o Bruno ontem pouco tempo antes do jogo entre Portugal e a Islândia em Saint-Étienne. Para muitos ele não é propriamente estranho que tal como eu conhecem o seu trabalho com vozes no contra-informação, rádio e sketches na televisão. "Sou comediante, escrevo para jornais, rádio, sou guionista e faço imitação de vozes. Comecei ainda em criança, segundo os meus pais comecei muito novo a imitar a minha bisavó Isaura que não tinha dois dentes à frente e tinha uma maneira muito particular de falar e eu sempre que ia a casa dela imitava-a embora não me lembre desses tempos, depois foram os vizinhos, amigos e professores. Imitar é sobretudo um acto de memorização, depois de treinar bastante e aprender a imitar alguém tenho de memorizar essa voz e guarda-la tal e qual um arquivo num computador, porque imitando inumeras vozes é preciso muitas vezes ir buscar rapidamente essa voz ao arquivo e é aí que a memória entra." Perguntei-lhe se já tinha usado alguma das vozes que imita para pregar uma partida em alguma situação "um dia um amigo meu pediu-me para imitar o Paulo Portas e ligar a um amigo dele que era líder dos Jt's, eu liguei, e esse amigo dele caiu na partida e acreditou mesmo que era o Paulo Portas que lhe estava a ligar! No contra-informação eu imitava o jornalista Carlos Fino e um dia recebi uma chamada dele, disse-me que era o próprio e que me queria conhecer porque gostava muito da imitação, mas eu não acreditei, pensei que estavam a gozar comigo e só depois de alguma insistência constatei que era mesmo ele. Também imito o Xanana Gusmão e um dia fui-lhe fazer uma entrevista, comecei essa entrevista a imitar a voz dele e ele foi totalmente apanhado de surpresa e desatou-se a rir. Ainda hoje somos muito amigos." Perguntei-lhe o que gostaria de fazer no futuro "Gostaria de entrar num filme, já fiz de figurante num filme e adorei, mas gostava mesmo de ter um papel importante, tenho um fascínio enorme pela magia do cinema e é muito diferente do que faço já que fazer palhaçadas é algo natural para mim".

Saint-Étienne, França, 14 de junho de 2016.
Miguel A. Lopes


Miguel A. Lopes

Retratos e histórias por Miguel A. Lopes / Rui Soares / Rui Miguel Pedrosa / João Porfírio .

Sem comentários:

Enviar um comentário