Bruno Gil, 17 anos

Bruno Gil, 17 anos. Conheci o Bruno durante a hora de almoço dele e aceitou logo conversar comigo, começando por me dizer o que faz neste momento: “estou a estudar comércio e hotelaria, mesmo durante o verão, o curso é entre, como se gere um negocio, uma loja, mas agora no verão vem a parte da hotelaria, mas é a parte que mais estou a gostar, este tipo de ensino faz mais sentido para mim”. Nunca se tinha imaginado a querer ser “chef” de cozinha e ao mesmo tempo pensa em emigrar, o que lhe deixa triste em parte: “queria ser policia ou bombeiro, mas agora quero ser cozinheiro, gosto bastante, estou a estudar na Ribeira Grande e trabalho aqui neste restaurante em Ponta Delgada, mas gostava de ir para fora estudar hotelaria, porque cá encontram-se bons cozinheiros mas poucos empregos” diz com um tom de desalento, para continuar de uma forma mais positiva a dizer: “..por isso gostava de ir para fora, para ter mais hipóteses e aprender mais ainda, também, e gostava de ser um tipo de “chef” que utiliza várias culturas e influencias, se bem que o que gosto mais de fazer são as sobremesas”, atirando logo de seguida: “ Tarte de maçã, posso dizer isso..acho que é a minha assinatura”. “Cada vez está a pior mas esperamos que melhore não é? Penso em emigrar mesmo por isso, pelas oportunidades..e uma melhor vida..para já não faço muitos planos e vou deixando que tudo corra por si mesmo..mas está a melhorar num aspecto, eu acho que as pessoas, a sociedade, em geral, está cada vez mais tolerante perante as diferenças, as pessoas diferentes, tanto de sexo, de gostos, etc, e isso é bom para nós, para a sociedade..”, diz ele, com esperança num mundo melhor. Obrigado Bruno e que ganhes muitos prémios com a tua tarde de maçã!

Ponta Delgada, 27 de Junho de 2016
Rui Soares


rui soares

Retratos e histórias por Miguel A. Lopes / Rui Soares / Rui Miguel Pedrosa / João Porfírio .

Sem comentários:

Enviar um comentário