Carla Bernardo, 22 anos

Carla Bernardo, 22 anos. Natural de Rabo de Peixe, adora a sua terra e não se imagina a viver noutro lugar, porque a ligação que têm com o mar é uma coisa única. Neste momento está a acabar o 9.º ano na Escola Profissional das Capelas, quer muito fazer até ao 12.º, e depois então pensa no que quer fazer no futuro. Diz que a vida vai-lhe correndo bem e que a sua maior preocupação é cuidar o melhor que puder da sua filha; "Sou mãe solteira... e as coisas vão correndo bem. Eu e o pai da minha filha tentamos dar-lhe o melhor, ela vai crescer e decidir o que quer ser na vida. Só quero que tenha mais estudos do que eu, porque isto sem estudos não vamos a lado nenhum." Continua dizendo que acha que a vida está muito complicada, não propriamente para si, mas para muita gente à sua volta: "vejo pessoas a passarem muitos problemas... não há empregos, muita gente não tem a liberdade de fazer coisas como faço, pintar cabelos e usar certas peças de roupa. Acho que há muita pessoa sem coragem!”, diz ela, afirmando que é uma mulher de luta, que enfrenta os seus problemas sem fugir de nada. Quando lhe pergunto se é feliz, responde-me que a felicidade é relativa. "Acho que preciso mais de amor do que outras coisas, e nunca tive muito... o meu ex era muito ruinzinho. Ele nunca me maltratou, mas era muito ciumento e esse ciúme deixava-o assim", contou-me. Mas sendo ainda muito jovem, espera um dia casar, constituir família e ser verdadeiramente feliz. Espera que as mulheres sejam mais independentes, e que não sigam cegamente as palavras dos maridos: "Há muita mulher infeliz devido aos ciúmes... os maridos obrigam a vestir certas peças de roupa, não deixam pintar o cabelo, acho que nunca se deve dar troco a estas coisas!”, diz ela determinada. Obrigada, Carla. Que sejas sempre um mulher independente e feliz.

Ribeira Grande, 1 de Junho de 2016
Rui Soares


rui soares

Retratos e histórias por Miguel A. Lopes / Rui Soares / Rui Miguel Pedrosa / João Porfírio .

Sem comentários:

Enviar um comentário