Daniela Silva, 33 anos

Daniela Silva, 33 anos. Quando conheci a Daniela, ela estava a tratar das plantas do quiosque aonde trabalha e aceitou logo participar no projecto. Começou por me dizer que tem uma vida normal: “trabalho aqui no quiosque da matriz e nos meus tempos, sou muito normal, quando chego a casa, e tratar do jantar e da família, algo normal mesmo” para continuar a dizer que: “eu trabalho há16 anos..comecei na loja na Atalhada, tive uns 6/7 anos e depois vim cá para baixo e aqui consola, existem sempre pessoas no centro da cidade e adoro estar aqui, adoro atender as pessoas, apenas tive um pedido um pouco estranho” diz-me ela com um ar misto de desconfiança e curiosidade, “um senhor pediu-me um ramo para uma amiga colorida, mas o que é isto, de amigo colorido, achei estranho” disse ela entre sorrisos. Sobre si, disse-me que apenas vive a vida, um dia de cada vez: “eu nunca fui muito sonhadora, não sei, até hoje em dia, gosto da minha vidinha toda, acho que estou satisfeita..vou deixando as coisas acontecerem, porque as vezes fazemos tantos planos e não dão certo, logo prefiro deixar correr e acontecer..”, continuou referindo que existe algo que não gosta no mundo hoje em dia:”não gosto que tas pessoas sejam más, há cada vez mais maldade por aí, e isto eu não gosto mesmo”. Antes de acabarmos a conversa, contou-me que era mesmo muito feliz e que tem apenas um sonho neste momento: “sou muito feliz, muito mesmo, acho que tenho tudo o que almejei, a minha família, casa ,filha, marido, estou mesmo satisfeita por acaso..super mesmo, acho que agora o único sonho que tenho e que gostava mesmo de fazer, era ir a Veneza, vejo na televisão..as casas perto do rio, gosto mesmo de ver.” Obrigado Daniela e espero que vás a Veneza nos próximos tempos.

Ponta Delgada. 9 de Junho de 2016
Rui Soares


rui soares

Retratos e histórias por Miguel A. Lopes / Rui Soares / Rui Miguel Pedrosa / João Porfírio .

Sem comentários:

Enviar um comentário