João Coelho, 61 anos

Encontrei o Sr. João na manifestação nacional que houve hoje em Lisboa a favor das escolas públicas. É de Beja e veio de propósito para a manifestação porque diz que as escolas públicas têm tanto ou mais qualidade em relação aos colégios privados e acha mal que os contribuintes tenham de pagar os colégios privados quando há tantas escolas públicas no país. Os seus filhos sempre andaram na escola pública e está bastante contente com a sua escolaridade "só para o senhor ter noção os meus dois filhos são neste momento médicos e veja bem... Andaram sempre em escolas públicas". Tem uma reforma de 255€ e neste momento vive com a mãe. "Voltei para a casa da minha mãe porque fiquei viúvo e não tinha como sobreviver sozinho com a pouca reforma que tenho". Durante 27 anos foi serralheiro, ficou desempregado e por isso sentiu a necessidade de procurar outro emprego, numa área diferente e por isso tirou um curso de jardinagem e aí trabalhou durante mais 4 anos, até se reformar. O seu sonho profissional era ser jogador de futebol. "Sempre gostei de jogar futebol mas no meu trabalho de serralheiro aleijei-me e nunca mais pude jogar... E também porque ganharia muito mais dinheiro" ri-se.

Lisboa, 18 de junho de 2016
João Porfírio



João Porfírio Fotografia

Retratos e histórias por Miguel A. Lopes / Rui Soares / Rui Miguel Pedrosa / João Porfírio .

Sem comentários:

Enviar um comentário