Nicolas Giquel, 44 anos

Nicolas Giquel, 44 anos. Conheci o Nicolas num festival de graffiti. Como eu, participava do festival como fotógrafo dos artistas, e a conversa fluiu de imediato. Conta-me que já "segue" alguns artistas de há alguns anos e adora o que faz; "Nós temos uma boa vida, não temos?", pergunta-me entre sorrisos. Mas nem sempre de graffiti viveu o Nicholas. Há cerca de 20 anos atrás, enveredou pelo mundo da fotografia de moda, trabalhando como assistente num estúdio de renome em Paris, e teve a oportunidade de trabalhar com grandes fotógrafos, como o Richard Avedon e a Annie Leibovitz: "Foram bons tempos. Eu fotografava em estúdio, fotografava desfiles de moda, backstages... mas depois de 15, 20 anos, eu estava um bocado aborrecido e desmotivado com aquilo tudo, e fui para Los Angeles com mais dois amigos para começar um novo projecto. Era um livro de fotografias acerca da cena urbana, da vida na rua e dos membros de 'gangs'. A partir daí - foi há cerca de 3 anos atrás - eu voltei para a minha paixão antiga: o graffiti e tattoo". Vivendo novamente aqui em Paris, diz-me que se sente seguro e bem, mesmo vivendo muito perto de onde aconteceram os atentados. Nas primeiras semanas após aquele dia, sentia-se um silêncio estranho na cidade: "parecia que as pessoas espiavam-se umas às outras, as ruas estavam pilhadas de polícia... mas felizmente, com o passar dos dias, a vida voltou ao normal e tentamos nem pensar mais sobre isso". Por fim, diz que vive o seu dia-a-dia sem pensar demasiado no amanhã. Faz alguns planos, mas normalmente eles acabam por não acontecer como esperado, por isso vai "só vivendo". À medida que os anos vão passando, pensa cada vez mais em mudar-se para um sítio mais quente, perto da praia, colocando a hipótese de voltar para Los Angeles; " mas eu sou feliz assim. Tive os meus momentos difíceis, como toda a gente, mas eu sou um homem sortudo por poder viver da minha paixão... isso, isso não preço." Obrigado Nico. Que te mudes para um sitio bem quente na tua reforma.

Paris, 7 de Junho de 2016
Rui Soares


Rui Miguel Pedrosa

Retratos e histórias por Miguel A. Lopes / Rui Soares / Rui Miguel Pedrosa / João Porfírio .

Sem comentários:

Enviar um comentário