Rodrigo Fonseca, 66 anos

Rodrigo Fonseca, 66 anos. Encontrei o Sr. Rodrigo a descansar numas escadas, sentei-me ao lado dele e quando lhe propus fazer parte do projecto, aceitou imediatamente. A conversa começou muito naturalmente com ele a dizer: “Sou daqui da Sé, e já estou reformado há 12 anos e ando a aproveitar a vida, venho muitas vezes passear para aqui, sou nascido e criado aqui no Porto, mas já que o Rui é jornalista, somos quase colegas de profissão, trabalhei na rádio a minha vida inteira, não era radialista, era assistente, e adorava aquele trabalho, adorava mesmo, fiz o que quis, o que gostava mesmo, durante a minha vida de trabalho, e fui para lá com 15 anos, vê lá tu, era a antiga emissora nacional, agora é Antena 1, 2, 3, etc.”. Sobre a cidade do Porto conta-me: “Ai isto de ser do Porto tem muito que se lhe diga, somos um povo bom acho eu, não quero desconsiderar ninguém mas ser do Porto é ter uma característica diferente, acho que pela cidade ser pequena, nos somos mais unidos, mas não consigo explicar mesmo”. “Na minha vida deixo as coisas correrem, para veres, ainda sou solteirão, como se dizia antigamente, “ando aqui a ver os outros””, diz ele à gargalhada, “Mas sabes sou feliz assim, mas ninguém é feliz a 100% acho eu, nem ninguém é perfeito, mas acho que não tenho muita razão de queixa, uns estão melhores que outros, mas acho que é a natureza da vida não é? Isto podia ser melhor, muito melhor, mas as pessoas por vezes não ajudam, acho mesmo que todos nós devíamo-nos ajudar, cada um a fazer a sua parte, mas ás vezes o mundo também é egoísta e com muitas complexidades, mas acho que todos nós, podíamos fazer um pouco, até porque para pior, já dizia a canção: “já basta assim..”” rematou ele, sempre muito bem-disposto e de gargalhada fácil! Obrigado Sr. Rodrigo e que seja muito feliz.

Porto. 4 de Julho de 2016
Rui Soares


Rui Miguel Pedrosa

Retratos e histórias por Miguel A. Lopes / Rui Soares / Rui Miguel Pedrosa / João Porfírio .

Sem comentários:

Enviar um comentário