Leandro Silvestre, 14 anos

Leandro Silvestre, 14 anos. “Eu estou na escola mas prefiro jogar à bola e basket, não gosto muito da escola, os professores e as auxiliares estão sempre a brigar, eu até acho que elas não gostam de mim, eu gosto de aprender mas não gosto dos professores, mas as vezes porto-me mal, eu não gosto nada de escrever e porto-me mal, mas sei que isso não se faz, quero ser DJ quando for grande, não sei como vou fazer isso porque tenho de estudar muito, acho que quando me der na cabeça para estudar vou começar a estudar” disse-me ele quase num fôlego apenas quando o convidei a participar no projecto. Voltou-me a dizer que não gosta mesmo nada da escola, mas que tem um sonho para quando for adulto: “Não gosto de estudar mas gosto de vir para a biblioteca daqui deste sítio, posso usar os computadores e ver uns livros, mas eu sei que se não estudar não vou fazer nada da vida, acho que o trabalho que calhar é isso mesmo, não espero muito, é o que calhar, mas quero ter uma família quando for grande, gostava de ter um casal de pequenos, mas esse mundo não está muito bom, existem muitas guerras, muitos ataques de bomba e muitos terroristas e essa gente dá cabo da vida das pessoas e do mundo”. Terminamos com ele a querer deixar uma mensagem a todos os miúdos da idade dele: “Acho que ninguém devia fazer mal na escola, depois perdem os anos e a vida vai acabando” rematou ele muito assertivamente. Obrigado Leandro, boa sorte para a tua vida.

Ribeira Grande. 7 de Agosto de 2016
Rui Soares


Rui Miguel Pedrosa

Retratos e histórias por Miguel A. Lopes / Rui Soares / Rui Miguel Pedrosa / João Porfírio .

Sem comentários:

Enviar um comentário